Blog

 

Uma das coisas mais importantes para ter uma alimentação saudável é saber comer nas horas certas. Inclusive, duas revisões dos principais e mais recentes estudos sobre o tema, conhecido como “crono-nutrição”, foram publicadas recentemente no periódico científico “Proceedings of the Nutrition Society”, e apontam justamente a importância de criar uma rotina alimentar.

Segundo os pesquisadores, alguns estudos sobre o assunto disponíveis até agora sugerem que hábitos de alimentação irregulares aumentam o risco de aparecimento de síndromes metabólicas, que podem se traduzir em hipertensão, desenvolvimento de diabetes do tipo 2 e obesidade, entre outros males.

Eles também destacam que nas últimas décadas nosso estilo de vida se tornou cada vez mais demandante e desregrado, com um forte aumento no número de trabalhadores em turnos noturnos e do chamado “jetlag social”, onde vivemos ditados mais pelos nossos relógios sociais do que pelo nosso relógio biológico.

Ainda de acordo com os cientistas, essas mudanças no estilo de vida alteraram os padrões alimentares, com mais refeições sendo “puladas” e maior consumo de alimentos fora do ambiente familiar, de comidas “para levar” e em horários mais tardios. Esses hábitos confusos e sem estabilidade de alimentação estão afetando nossos ciclos circadianos, nosso relógio biológico interno de 24 horas regido principalmente pela variação dia/noite ou claro/escuro, com impactos em processos alimentares e corporais que seguem este ritmo, como apetite, digestão, o metabolismo de gorduras, colesterol e açúcares e a atividade de órgãos como o fígado e os intestinos.

Por isso é tão importante se alimentar da forma certa: o ideal é tomar o café da manhã por volta das 7:30 da manhã, comer um lanche saudável pro volta das 10 horas, almoçar mais ou menos ao meio dia, lanchar novamente por volta das 15 horas, jantar mais ou menos às 18:30 e comer algo leve antes de dormir, por volta das 19:30.

O café da manhã vai acordar o seu corpo, ativando o metabolismo depois de um longo período em jejum – não à toa, é a principal refeição do dia. Segundo um estudo publicado pelo jornal norte-americano Obesity, quem consome mais calorias pela manhã têm uma perda de gordura corporal significativamente maior do que aquelas pessoas que optam por se alimentar melhor à tarde. Isso rola porque nós estamos propensas a queimar calorias no começo do dia, quando o metabolismo está mais acelerado. Excessos posteriores podem ir direto para a região abdominal. Investir no café da manhã ainda prolonga a sensação de saciedade e a faz comer bem menos nas seguintes.

No almoço, é importante recuperar os nutrientes consumindo verduras e legumes. Eles são riquíssimos em vitaminas e minerais e pobres em calorias. Na hora do almoço, também é o momento de apostar nas proteínas, uma vez que muitas pessoas não consomem a fração adequada desse nutriente nas outras refeições.

Não desvalorize a importância dos lanches – principalmente os lanches do meio da tarde. Eles dão aquela segurada na fome e garantem o pique até o fim do dia. Um bom lanche tem o papel de manter o bom humor e evitar o esgotamento de energia mental para você dar continuidade ao trabalho ou aos estudos”, afirma a nutricionista Karina Pimentel, da Clínica Healthme, de São Paulo. Por isso, a melhor opção é um sanduíche reforçado e equilibrado, com carboidratos, proteínas e muitos vegetais.

Muita gente acha que para emagrecer (ou não engordar) é pular o jantar. Porém, o resultado é o contrário! Se você pular o jantar, não só pode colocar todo o seu esforço por água abaixo, como também pode dar um tiro no pé de todo o seu treino na academia. Se o organismo não conseguir obter energia pela alimentação, ele utilizará a dos músculos, levando à perda de massa magra. Ou seja: no jantar, prefira refeições leves com verduras e proteínas! Uma boa dica é comer peixe ou frango acompanhado de salada. A proteína garante a construção dos músculos, como já dissemos, e a salada garante as demais vitaminas e os minerais.

Para dormir bem e não passar fome na madrugada, não abra mão da ceia. Mas atenção: ela precisa ser bem leve e de fácil digestão. Por volta das 9 horas da noite, as pessoas costumam cometer exageros, abusando de doces e carboidratos. Porém, isso não é muito inteligente. A dica é apostar em uma sopa de vegetais, por exemplo, com abóbora e cenoura – essa receita é facilmente digerida! Você também pode apostar em um copo de leite desnatado ou vegetal – como leite de castanha ou de soja. Por fim, também pode trocar as alternativas anteriores por um punhado de castanhas-do-pará ou de nozes: pode parecer que não, mas elas matam a fome sem comprometer a sua alimentação saudável. Elas também são fontes de gorduras boas, essenciais para manter o coração saudável e o colesterol sob controle.

 Fonte:Manual do Homem Moderno

A nutrição materno infantil compreende três momentos da vida de uma mulher e começa com a fase pré gestação e vai até a orientação nutricional do bebê já nascido. No período pré gestação, quando a mulher tenta engravidar, orientamos a mulher e também o homem, para que que tenham uma alimentação baseada nos melhores alimentos para a fertilidade. Os melhores alimentos para a concepção e quais dietas favorecem a gestação.

Durante a gravidez, auxiliamos a sua dieta da gestante, ajundando-a no controle do ganho de peso, na orientção dos alimentos e refeições que ajudam a combater os principais sintomas de cada fase da gestação: enjoos, náuseas, vômitos, azia, sonolência, cansaço, etc.

Quando nasce um bebê, nasce também uma mãe. E uma mãe recém nascida precisa de muitos cuidados e acompanhamento. Saber quais os melhores alimentos para a produção de leite, como retornar o peso pré gestacional sem afetar a amamentação e alimentos que evitem ou minimizem as cólicas do recém nascido são alguns exemplos do que o acompanhamento nutricional pode fazer por você nessa fase.

Por outro lado, também o bebê passa, após os seis meses de vida, pela fase da introdução alimentar. Nessa etapa, orientamos as mães a fazerem a introdução dos alimentos na rotina do bebê, avaliamos o ganho de peso e o crescimento da criança e também auxiliamos pais e cuidadores com as possíveis dificuldades do período, como restrições alimentares, alergias, seletividade e recusa alimentar.

Nunca é fácil começar uma reeducação alimentar sozinho. Contar com a participação da família é sempre uma ajuda e tanto. Além do incentivo de ter mais gente passando pelos mesmos desafios, essa é uma oportunidade de melhorar a qualidade da alimentação de todo mundo. Mas é importante que todos estejam focados e comprometidos com esse projeto.

O primeiro passo é fazer uma revolução na despensa e trocar guloseimas e produtos industrializados por alimentos mais saudáveis e nutritivos. Nessa hora, a ajuda de um profissional que te acompanhe nas compras pode ser uma boa.

A nutricionista Jessica Duarte, personal Diet da Psiconutrire e que desenvolve projetos de alimentação saudável na casa de várias famílias, explica que é comum as pessoas manterem uma alimentação com muita carne, pouca fibra e muito açúcar. A lição aqui é variar na lista de compras do supermercado e da feira. Insira proteínas magras, como carnes e queijos brancos, cereais e farinhas “boas”.

Aproveite e insira as crianças nesse projeto de vida nova. Elas são o espelho da alimentação dos adultos e após virem seus pais com hábitos saudáveis de alimentação, é muito mais fácil incentivá-las a experimentar novos ingredientes.

Estabelecer uma rotina saudável é mesmo um desafio. Mas com a ajuda de um profissional especializado e muita determinação, você consegue transformar e muito a os hábitos alimentares da sua família.

 

 

O verão ainda está um pouco longe, mas o calor já chegou e com ele a gente quer estar em forma. Uma das coisas que mais incomodam nessa hora são as estrias. Elas aparecem em função da falta de colágeno e de elastina na região afetada e isso pode acontecer quando você emagrece ou ganha peso muito rápido, durante ou após a gravidez, quando a pele está muito ressecada, por alguma condição genética, pela má alimentação e até mesmo por causa do crescimento acelerado que ocorre principalmente na adolescência.

Um dos procedimentos que aplicamos aqui na área de Estética da Psiconutrire é o Stiort, uma das soluções mais eficientes no tratamento das estrias. É uma técnica indolor, não invasiva, ou seja, não causa perfurações na pele e que, já na primeira sessão, apresenta resultados incríveis. Em alguns casos, o Striort elimina até 80% das estrias em apenas uma sessão.

COMO FUNCIONA?

O tratamento tem como base a Medicina Ortomolecular e combina alta tecnologia (aparelhos estéticos sofisticados) com o uso dos conceitos da terapia ortomolecular como dieta, suplementos, sabonetes e produtos corporais.

Quando se formam as estrias, o sangue deixa de circular por aquela região e por isso ela não se regenera mais. A técnica do Striort consiste em reconstruir o caminho para que o sangue volte a circular novamente, fazendo que as estrias brancas “se transformem” em vermelhas novamente, permitindo assim que possam ser tratadas com eficiência.

É uma inovação e tanto.

Converse com a nossa equipe e agende a sua sessão.

 

A chegada do calor e a proximidade do verão fazem com que as pessoas comecem a pensar em emagrecer e aí a busca pela dieta ideal para atingir o peso desejado vira um “objeto” a ser alcançado.

Buscar receitas milagrosas pode surtir o efeito contrário porque a melhor fórmula para o emagrecimento é, sem dúvida, a reeducação alimentar. E nada melhor do que um nutricionista para te ajudar a identificar com precisão qual a origem do seu problema com o peso e, a partir daí, trabalhar com você num processo de reeducação e introdução de hábitos saudáveis de alimentação.

Uma boa conduta nutricional com alimentação balanceada, aliada à prática de atividade física é, de fato, a receita de sucesso para emagrecer com saúde e manter a qualidade de vida

Alguns hábitos alimentares para aderir de uma vez por todas

  • Fazer até seis refeições por dia com intervalos de tempo regulares
  • Alimentar-se com tranquilidade, de preferência sentado
  • Efetuar a mastigação devagar, evitando ingerir líquidos simultaneamente
  • Procurar alimentar-se em ambiente tranquilo, evitar assuntos estressantes e inadequados durante as refeições
  • Para diminuir a velocidade de ingestão de alimentos, procurar descansar o talher entre uma garfada e outra
  • Beber bastante água, aproximadamente dois litros por dia
  • Evitar frituras e alimentos ricos em gordura
  • Procurar carnes magras, grelhadas ou cozidas
  • Comer folhas verdes à vontade
  • Comer frutas diariamente

A prática do yoga traz enormes benefícios para as crianças, principalmente aquelas que estão em idade escolar. Ela melhora a concentração, a confiança, a autoestima e até a paciência. Combatem a ansiedade e o estresse. Sim, os pequenos também sofrem com o estresse da vida moderna.

No Brasil, várias escolas já tem inserido essa prática na rotina de atividades de seus alunos, com resultados expressivos. Não é a toa, o yoga é uma das práticas mais procuradas por pais que desejam melhorar o desempenho de seus pequenos.

Em Londres, no Reino Unido, crianças de três anos já estão aprendendo a técnica. As aulas de yoga, que foram criadas para combater a ansiedade e o estresse das crianças, incialmente eram ministradas em duas creches da capital britânica. Os testes foram tão bem sucedidos, que uma fundação educacional Fundação London Early Years agora quer levar as o yoga para crianças de toda a cidade.  

Aqui no Brasil, algumas escolas também já inseriram o yoga e a meditação em suas atividades. Além do conteúdo curricular exigido pela Lei de Diretrizes e Bases para cada ciclo, as escolas investem na educação integral do ser humano. Além de Português, Matemática, Ciências e outras disciplinas, os professores buscam despertar e expandir os aspectos físicos, psíquicos e moral para desenvolver a genialidade dos alunos.

Em um mundo tão agitado e repleto de estímulos que favorecem a agitação e dispersão, um momento de paz e silêncio é algo que parece impensável para algumas pessoas – embora seja muito necessário e bem-vindo. E a meditação consiste justamente nisso.

Traga seu filho pra fazer uma aula com a gente!

Bolo de Prestígio .

Ingredientes:

2 ovos inteiros

1 pedaço pequeno de coco fresco(pode ser ralado)

1 colher (sobremesa) de xilitol

3 colheres (sopa) de leite desnatado (para deixar o bolo bem molhadinho)

2 colheres (sopa) de farinha de coco

1 colher (sopa) de farelo de aveia

1 pitada de fermento químico em pó .

Modo de preparo:

Coloque todos os ingredientes no processador e depois coloque 3 min no microondas ou 10 min na Air Fryer

Calda

2 colheres (sopa) de whey protein de chocolate

2-3 colheres (sopa) de água

Coco ralado para polvilhar por cima .

Dica: A água deve ser colocada aos poucos até atingir o ponto de calda.

Receita @lidianutri

 

Monitore seus resultados com precisão! Até o dia 15 de fevereiro, o exame de bioimpedância com a Dra. Lídia Noé estará com 50% de desconto aqui na clínica Psiconutrire.

Acompanhe sua evolução por um preço especial.

Edifício Central Shopping, Lj 23, Centro - Ubá

(32) 3532-8267 ou (32) 98837-8267

Própolis O uso do própolis oferece diversos benefícios para a saúde.

O extrato alcoólico é o mais indicado para o consumo em jejum.

Análises laboratoriais revelaram que, além de combater o excedente de radicais livres, (associados ao envelhecimento precoce e danos celulares) o extrato de própolis se mostrou bastante eficaz frente aos micróbios, pois seus compostos interferem na membrana celular das bactérias, desestabilizando esses seres microscópicos de tal maneira que eles acabam mais facilmente exterminados.

Boa parte dos fitoquímicos biotivos benéficos presentes no própolis são lipossolúveis e extraídos em álcool, por isso o alcoólico tem o gosto mais forte, mais adstringente e mais amargo, devido a grande concentração e tipo de fitoquímicos na solução.

Que tal incluir esse benefício à saúde em sua rotina? Consulte um nutricionista fitoterapeuta para que ele indique a quantidade e forma de consumo mais apropriada para você!

CLINICA PSICONUTRIRE 32 3532-8267 / 988378267

Nutricionista Lídia Noé

CRN9 -10868

Entre os diversos tipos de suplementos dietéticos, se destacam os termôgenicos, muito utilizados por aumentarem a taxa metabólica basal, auxiliando no emagrecimento.

Os alimento termogênicos são aqueles favorecem a termogênese corporal, aumentando o gasto de energia do organismo. Os mais conhecidos são a cafeína, o chá verde, a pimenta vermelha, o gengibre e a canela.

A cafeína é uma substância ergogênica nutricional presente em vários tipos de alimentos e bebidas inseridas no cotidiano da população como refrigerantes, chás, café, chocolates e bebidas esportivas. Os principais benefícios ergogênicos relacionados à cafeína são a melhoria do rendimento físico e a diminuição da gordura corporal.

O chá verde além da cafeína contém flavonoides, principalmente as catequinas. Ele vem sendo associado à diminuição da gordura corporal, atuando como coadjuvante na prevenção e tratamento da obesidade, diabetes, dislipidemias e doenças cardiovasculares.

A pimenta vermelha contribui para a aceleração do metabolismo, pois seu consumo causa elevação da temperatura corporal induzindo a um aumento do gasto calórico. Além disso, possui ação anti-inflamatória e contribuir para melhoria do sistema imune, urinário e digestório.

O gengibre é uma raiz que apresenta muitos benefícios à saúde e sua utilização tem se popularizado a cada dia. Presente em diversas receitas culinárias, na forma de chá, ou simplesmente imersa em água gelada, contribui com diversos benefícios no organismo, A termogênese do gengibre ocorre durante a digestão, contribuindo para a elevação do calor corpóreo, aumentando o consumo de energia e consequentemente o gasto calórico durante o processo de digestão.

A canela tem propriedades estimulantes, auxilia na boa digestão auxilia no combate gases intestinais e apresenta ação antioxidante e anti-inflamatória. Melhora a sensibilidade à insulina, prevenindo o diabetes e auxiliando na manutenção da glicemia. 

O consumo excessivo de termogênicos pode levar ao surgimento de efeitos colaterais como dor de cabeça, arritmia cardíaca, tontura, insônia e problemas gastrointestinais. Portanto, o consumo desses alimentos deve ser orientado pelo nutricionista

Cadastre-se
DV9 Soluções Digitais

DV9 Soluções Digitais

Atendimento
(11) 99858-8267 E-mail: contato@psiconutrire.com.br
Endereço
Rua Peixoto Filho, 123 • Loja 22
Central Shopping, Centro, Ubá-MG, 36500-097
© 2020 - Clínica Psiconutrire